"Multipliquei-me para me sentir. Para me sentir precisei sentir tudo" ... Porque a vida nem sempre é o que parece...Entao que fazer?Entrar num mundo de reflexos ou tentar entender os reflexos do mundo?!

27
Jul 09

As figuras portuguesas são fantásticas :)

Começando pelo maior sonho d’Eles- uma perífrase, que os preceda. Do tipo: sabe com quem o senhor está falando, eu sou “o fulano (filho de beltrano) que fez tal coisa”. Ou melhor, já é anunciado antes. Vem aí o “fulano (filho de beltrano) que fez tal coisa”.

Eles detestam ironia, principalmente aquelas que Eles não entendem (ou seja, quase todas as que realmente importam ;)).

Adoram eufemismos. Nada é o que realmente é. Ele não mentiu, ele “faltou com a verdade”. Não foi assassinato, foi “uma brincadeira que deu errado".

Eles são a antítese da lucidez.

Adoram uma comparação (quando se trata dos outros, é claro). Comparar é quase uma lei. E sempre o nivelamento é feito por baixo, sob o maldito olhar pequeno-burguês. A gradação que preferem (pois é a única que conseguem) é a seguinte: segundo grau mal feito, Newton Paiva, pistolão, emprego do tipo “cabide”, carro importado. 

São a personificação da ignorância! Gostam das metonímias, pois elas são uma mão na roda no que se refere aos rótulos. Não é o fulano, ou o beltrano, mas o “nerd”, o “palhaço”, o “mineiro”. A metáfora é muito para Eles. Aliás, Eles detestam poesia. Invariavelmente. Esse texto não é nenhuma nova forma de hipérbole. Não é nenhum exagero :) 

publicado por VM às 09:04

22
Jul 09

Hoje deu-me uma súbita crise de melancolia… daquelas de não sei porquê, nem sei de onde, por causa de tudo e de nada (deve ser da chuva!!).

Tenho dado comigo a pensar (naquelas horas em que me deparo com tantas realidades no otl- ocupação de tempos livres no lar) se será que a bondade de certas pessoas está apenas à superfície, a parte que podemos ver? É tão difícil conviver no meio de tanta hipocrisia mas eu sei qual é o meu defeito- esperar o máximo das pessoas quando elas não me dão nem o seu mínimo. Estou tão presente na vida de tanta gente quando às vezes me sinto tão ausente da minha própria existência…
É difícil olhar em volta e ver como o pensamento dos portugueses é medíocre: “para subir na vida tenho de passar por cima dos outros”…
Mas já estou como alguém diz- tudo o que não me faz crescer passa me completamente ao lado… :)
 
Depois deste meu devaneio já me sinto melhor e estou preparada para amanha enfrentar mais três horas no meio de extraterrestres ;)
 
Oh sorte macaca :D

17
Jul 09

Não resisti a colocar aqui a mensagem mais fantástica que aterrou no meu telemóvel nos ultimos tempos :)

 

"Um homem casado decide passar férias no mesmo sitio onde passou a lua de mel à 20 anos atrás. Devido a problemas de trabalho a mulher não pôde viajar com ele, ficando combinado que ia ter com ele no fim-de-semana seguinte.
Quando chegou ao hotel decidiu mandar uma mensagem à mulher mas enganou-se no numero e esta foi enviada para o telemóvel de uma viúva que tinha acabado de sair do funeral do marido. Ao ler a mensagem, a viúva desmaiou! Esta dizia:
“Querida esposa, cheguei bem. Provavelmente estás surpreendida por receberes noticias por esta via. Acabo de chegar e constatei que já está tudo preparado para a tua chegada no próximo fim-de-semana. Tenho muitas saudades tuas, espero que a tua viagem seja tão tranquila e agradável como a minha. PS: Não tragas muita roupa, aqui está um calor infernal”"
 
Como as mulheres sofrem :)

 

publicado por VM às 13:02
tags:

12
Jul 09

 

 

"Nunca baixamos os braços"....

O cartaz até tem pinta ... A ideia tem pinta... Até as cores têm pinta... Mas...

Será que não se cansam (de estarem sempre com os braços levantados?!) Deve-se tornar um bocado secante ;)

Isto sim, são homens de força e coragem...

 

=) Viva Portugal e as suas ideias fantásticas....

publicado por VM às 16:40
tags:

11
Jul 09

"Se corres de alguma coisa estás sempre a olhar para trás, se corres para alguma coisa, estás sempre a olhar para a frente.

A programação motivacional proposta por algumas correntes modernas de psicoterapia apresentam-nos uma técnica a dois tempos:

1. uma consiste na dissociação de memórias negativas passadas sobre as quais realizamos os nossos filmes internos imagens e sons), muitas vezes, os causadores das emoções negativas que por sua vez nos fazem viver com insatisfação ou prejudicam o nosso desempenho satisfatório e feliz de algumas das nossas actividades; dissociarmo-nos dessas memórias consiste em idealizarmo-nos fora delas, vendo-nos a nós próprios por fora, fazendo diminuir a cena, torná-la pequena, estática e a preto e branco;

2. outra é a associação, que consiste em metermo-nos dentro da cena, imaginando-a agradável, a cores, movimentada, dando-lhe a luminosidade e banda sonora preferidas.

A associação liga-nos a objectivos no presente para o futuro a dissociação liberta-nos do passado, não para o perdermos, mas para recuperar a realidade como ela é, muitas vezes distorcida pelas nossas representações mentais que são por vezes generalizadoras, incompletas, escondendo elementos apagados.

Olhar para trás, permite a dissociação, mas não podemos estar a fazer isso eternamente, com o risco de desperdiçarmos o dom maravilhoso da vida que nos foi dado. Para o vivermos com todo o potencial pessoal, é necessário associarmo-nos a uma percepção mais realista e esperançosa da vida. Para isso, será necessário revermos as nossas condições fisiológicas que habitualmente interferem favorável ou negativamente no nosso estado emocional e também rever as nossas representações internas da realidade.

Deixe de correr de alguma coisa, da qual porventura foge. Passe a correr para alguma coisa. Passará, positivamente, de um estado reactivo da sua história a um estado pró-activo. Aquele usa a fantasia, como forma de compensação (mais filmes de ficção como analgésico contra a pura realidade), o estado pró-activo usa a imaginação, o sonho que, “de olhos abertos”, nos permite rever a realidade como é e como poderá vir a ser com o empenho da motivação e da criatividade pessoal.


Correr… a dois tempos: dissociação e associação? Mas veja bem do que se dissocia e ao que se associa! Leia bem os seus sentimentos, a linguagem das emoções que estão guardadas dentro.


Correr para!…"

 

Texto "roubado" do blog- www.padretojo.net :)


10
Jul 09

Está bem que ele é o rei da pop, o rei das plásticas (...) Mas será que isto tem algum jeito? Ou será que até tem e sou eu que ainda estou com um olho aberto e outro fechado e o neurónio que anda a passear dentro do meu cérebro ainda está a dormir?

Mesmo assim não resisti a dar uma valente gargalhada- e não é motivo para menos- quando ouvi “sorteio dos bilhetes para funeral de michael jackson”… Onde já se viu? Ai gente maluca :)
 
“Bem, eu sou de Edimburgo, da Escócia, e voei durante todo o dia de ontem. Vim aqui para assistir aos momentos finais. Este é o lugar do seu descanso final. Eu quis realmente estar onde o Michael esteve”
 
Será que não há mais nada para fazer do que fazer quilómetros e quilómetros para ver um funeral?! E quem teve a brilhante ideia de sorteios de bilhetes com este fim? Será que vai pegar moda? Tenho que admitir que é no mínimo dos mínimos original…
Há pessoas incríveis… Outras incrivelmente ridículas ;)
publicado por VM às 09:17

08
Jul 09

Não é preciso ir muito longe para vermos o caos em que algumas coisas se encontram. Tomemos como exemplo Portugal...:

--» O que nos falta? Já temos presidentes de clubes corruptos, um falso engenheiro que mesmo assim com uns sorrisos aqui e ali consegue chegar ao poder, uma justiça mais lenta que um caracol e até um ministro cornudo (não é para todos- só aqui é que temos direito a sessão de circo no parlamento eheheh- Porém o que não sabia é que havia gado taurino à solta na bancada do governo, dando um claro exemplo ao país da natureza de quem nos governa...) :) 

Mas podemos ver o lado positivo disto tudo... Veio-me logo à memória o nosso excelentíssimo CR 9 que em duas horas valeu 2000 camisolas do real madrid (ainda dizem que a vida está cara ;))... Temos aqui uma mais valia mas como na história da cinderela ela só tem o seu lindo vestido até à meia noite- este nosso "cinderela versão masculina" só vale alguma coisa quando está calado e com a cabeça tapada =)

 

Mas não nos esqueçamos de que “não há problema grande que Deus não seja maior”... :D

E é o pequeno e primeiro reflexo deste blog 

publicado por VM às 23:07
tags:

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
14
15
16
18

19
20
21
23
24
25

26
28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO